5 formas para turbinar a velocidade dos jogos no seu PC

Não existe nada pior que comprar aquele game monstro que todos os seus amigos estão jogando e no seu PC ele rodar se arrastanto. É um daqueles momentos frustrantes que a grande maioria acha que só pode resolver comprando uma placa gráfica nova ou até mesmo um novo PC.

Pois é, aumentar a velocidade dos jogos no seu PC nem sempre pode ser possível, mas em muitas situações pode sim ser feito, basta que você siga algumas dicas gerais sobre como extrair FPS extras (quadros por segundo) otimizando o desempenho do seu PC.

Claro que se o seu PC já é mais antigo e o game dos mais recentes, fica difícil acompanhar toda a qualidade gráfica sem investir num hardware melhor. Porém se esse não for o caso, eis aqui a lista com as 5 formas para turbinar a velocidade dos jogos no seu PC:

1. Atualize os drivers da placa gráfica

A grande maioria das pessoas nunca atualiza a placa gráfica, e acaba rodando seus jogos com um driver antigo que definitivamente não é a melhor sacada para quem busca o melhor desempenho. Isto não necessariamente seja sua culpa porque antigamente muitas marcas não avisavam o usuário das atualizações disponíveis.

Para atualizar é fácil, basta verificar o modelo da sua placa e versão do windows instalada no PC através deste caminho:

  • Painel de controle;
  • Gerenciador de dispositivos;
  • Adaptadores de video.

Ao expandir a última opção o modelo estará disponível. Em seguida, vá ao site do fabricante (Intel, Nvidia ou AMD) e obtenha os drivers mais recentes. Lembre-se de baixar o driver para o teu sistema operacional. Após baixar, é só instalar o driver e reiniciar seu PC.

OBS: Com apenas essa modificação, você pode obter até 30% de ganhos no desempenho e velocidade dos jogos no seu PC.

2. Programas de otimização

Assim como no seu smartphone, existem milhares de programas instalados no seu PC rodando em segundo plano sem você nem imaginar e, consequentemente, consumindo recursos, como memória e CPU. São programas que as vezes instalamos sem nem nos darmos conta, quando estamos instalando até mesmo um game, e este sugere outro programa da desenvolvedora.

Por isso, você pode e deve usar programas de otimização de PC para garantir que esse tipo de programa não sugue os recursos que deveriam estar destinados ao seu game, prejudicando seu desempenho. Recursos como limpeza de arquivos temporários e desfragmentação do disco rígido também estão disponíveis nestes programas.

OBS: Se o seu disco for do tipo SSD, não use este recurso.

E pra quem tem o Windows 10, existe um recurso disponível para os Criadores, que inclui um Modo de Jogo, que quando ativado, prioriza os recursos do PC para o jogo que você estiver jogando, através de gerenciamento de tarefas para núcleos de CPU específicos resultanto num aumento geral da velocidade e desempenho dos jogos.

3. Otimizar configurações do jogo

Os últimos jogos tem vindo com inteligência para detectar e executar o game na resolução nativa do seu monitor. Ou seja, as configurações são alteradas pelo software de maneira que trabalhem em harmonia com o hardware do PC. Porém muitos jogadores aumentam a resolução ao máximo, desrespeitando os limites do padrão do PC, que geralmente é de 1920×1080 e 1366×768 para notebooks.

Aumentar a resolução pode comprometer o desempenho do jogo, portanto deve ser feita com cuidado. Anti-aliasing, por exemplo, é uma configuração que suaviza linhas irregulares, mas pode penalizar a velocidade e desempenho do jogo. Então altere essa configuração progressivamente até encontrar o melhor equilíbrio entre qualidade e desempenho.

A mesma regra se aplica para o restante das configurações gráficas, incluindo distância de desenho e sombras. Esses efeitos, assim como efeitos de iluminação e sombras podem acabar com o desempenho do game e fazê-lo remar ou até travar. Então se você não consegue viver com efeitos básicos, faça os testes progressivos e veja como o jogo irá se comportar.

OBS: Algumas placas gráficas possuem drivers que podem otimizar as configurações de cada jogo para funcionarem bem usando o hardware disponível. Na NVidia, por exemplo, este recurso é denominado de “Improve FPS – automatic optimisation”.

4. Faça um Overclock

OBS: Antes de mais nada, Overclocks só são recomendados pra quem sabe o que está fazendo e entende os riscos. O ideal é procurar um profissional. Overclocks podem dar alguns FPS extras, mas podem forçar os componentes do seu PC (placa gráfica, CPU e RAM).

O overclock da placa gráfica é o mais relevante e impacta diretamente no desempenho e velocidade dos jogos no seu PC (em FPS). A opção para overclockar a GPU da placa de vídeo está disponível pelo software do driver.

Já o overclock da CPU e RAM podem ser feitos nas configurações da BIOS do PC. Basta reiniciar e pressionar a tecla para acessar a BIOS (cada placa mãe possui uma tecla diferente que geralmente é informada no canto inferior da tela de início).

5. Verifique, compare e adeque as mudanças

Muitos jogos possuem leituras em tempo real de FPS. Geralmente você precisa habilitar este recurso nas opções do jogo. Com ele, você pode monitorar o desempenho ao longo das modificações realizadas a partir das dicas desse artigo. O valor mínimo (em média) deve girar em torno de 25 quadros por segundo.

É claro que o FPS varia conforme as funções e recursos gráficos utilizados durante o jogo. Por exemplo, se há muita ação, pode cair consideravelmente. Mas o importante é que nestas horas você poderá fazer as melhorias de configurações gráficas até deixar o jogo rodando de forma harmônica.

OBS: Se a tua placa não possui esse recurso, você pode e deve instalar um utilitário de terceiros, como FRAPS, para então fazer a comparação de desempenho e encontrar a melhor harmonia de hardware para rodar o teu jogo preferido da melhor maneira possível.

Mais conteúdo sobre o universo gamer?

Basta clicar aqui.

Seja o primeiro a comentar em "5 formas para turbinar a velocidade dos jogos no seu PC"

Comente isso

Seu e-mail não será publicado.


*