Comprando um MacBook nos EUA

O último evento da Apple revelou uma nova geração de MacBooks incríveis, com nada menos que processadores Intel Core de oitava e nona gerações. O que significa processadores mais rápidos, capazes de oferecer velocidades Turbo Boost de até 5GHz.

É uma verdadeira evolução segundo a empresa, já que o novo Apple MacBook Pro 2019 é capaz de atingir o dobro da velocidade de um MacBook Pro da geração passada, além de entregar 40% mais desempenho. Tudo isso por apenas 1.300, 1.800 e 2.400… dólares!

Ou seja, é novamente uma pequena fortuna, já que no Brasil os valores projetados (conforme alta carga tributária) são de R$ 11.700 (modelo de 13″ sem Touch Bar), R$ 16.200 (modelo de 13″ com Touch Bar) e R$ 21.300 (modelo de 15″). Quase um carro popular eim?!

Portanto, não é de se estranhar que brasileiros viajem até os Estados Unidos para comprar um MacBook ou MacBook Pro. Mas será mesmo que vale a pena comprar um MacBook Pro nos EUA? Essa e outras dúvidas é o que trataremos à seguir.

Comprar MacBook Pro nos EUA: serei taxado?!

Assim como no caso dos smartphones, notebooks também são considerados bens pessoais e não são taxados pela alfândega quando retornamos ao Brasil.

Porém, isso só se aplica se o notebook estiver fora da embalagem. Ou seja, é importante que você descarte a embalagem (caixa) do Apple MacBook nos EUA, antes de embarcar. Traga apenas o notebook e acessórios (carregador e etc.).

Ademais, você só pode estar portando 1 notebook. O que significa que se pretende comprar um MacBook nos EUA, não poderá levar um notebook na sua viagem.

Se você estiver portanto 2 notebooks, ou seja, o seu notebook atual mais o MacBook que você comprou nos EUA, um deles deverá ser declarado. E advinha qual deles o fiscal apontará como novo e passível de taxação?

O que acontece se eu não declarar meu MacBook?

Se você trouxer um MacBook na embalagem lacrado por qualquer motivo pessoal, seja pra dar de presente ou mesmo para vender, você deverá declará-lo. Do contrário, pode acontecer duas coisas:

1 – Não ser parado: você irá passar direto e terá um MacBook comprado nos Estados Unidos por menos da metade do valor cobrado no Brasil. Beleza! você deu MUITA sorte.

2 – Ser parado: se você não declarar o MacBook e ser parado, ai a coisa fica feia. Pois agora além de ter que pagar o imposto de importação. Ou seja, em vez de pagar 50% sobre o excedente da tua franquia, que para viagens internacionais é de US$ 500, ainda terá que pagar uma multa.

Poderei viajar com meu MacBook sem problemas?

Provavelmente você já deve ter lido por ai que comprar um notebook fora do Brasil é um problema, pois caso não declarado no regresso, nunca mais será possível viajar com ele, certo?

Pois bem, eu posso dizer que nunca tive esse problema com meu notebook. Eu comprei ele nos Estados Unidos em Miami em 2016 e em todas as viagens que fiz após essa data nunca tive problemas.

Eu trouxe da mesma forma como descrevi aqui, como bem pessoal, sem embalagem, e em todas as viagens posteriores aos EUA, nunca me foi exigido qualquer documentação. Acho que o segredo é sempre respeitar a regra básica do bem pessoal, levando apenas uma unidade de cada item. Ou seja: 1 notebook, 1 smartphone, 1 câmera… etc.

Onde comprar um MacBook nos EUA

Com as lojas virtuais, é fácil encontrar MacBooks com preços mais atrativos na internet. Porém, é importante que você compre o seu MacBook numa loja conhecida, como Amazon, BestBuy ou a própria Apple Store.

Afinal de contas, muitas lojas vendem produtos refurbished, ou seja, produtos remanufaturados. A própria Amazon vende. Mas a diferença é que essa loja virtual oferece garantia de qualidade.

Portanto, não faça economia porca. Afinal de contas, você já economizou horrores ao entrar num avião para comprar um MacBook nos EUA. Então garanta um produto de qualidade, comprando em lojas confiáveis.

Qual o preço final do MacBook nos EUA

Algumas pessoas acham que quando comprarem o MacBook nos EUA pagarão somente o valor anunciado na etiqueta. O que não é verdade. Na realidade, elas pagarão o valor da etiqueta acrescido da taxa do imposto local cobrado por produto. Na Florida, por exemplo, esse imposto é de 6,5%.

Ou seja, se eu comprar um MacBook em Miami, nos EUA, eu pagarei US$ 1.300 + 6,5%. O que significa que o MacBook custará US$ 1.384,50 (valor do produto + taxa da Florida).

Meu MacBook terá garantia aqui no Brasil?

Sim! tal como os iPhones, os MacBooks também possuem garantia universal de 12 meses pela Apple. Ou seja, se você tiver problemas com o produto, basta levar a uma autorizada aqui no Brasil.

Pode acontecer de algumas peças serem importadas e portanto demandarem algum tempo extra para que o conserto reja realizado. Isso pode gerar algum custo por conta dos serviços de fretamento.

Vale a pena comprar MacBook nos EUA?

Com certeza! Basta lembrar que o modelo de entrada da última geração custará R$ 11.700 aqui no Brasil. Enquanto que nos EUA, custaria US$ 1.384,50. Ou seja, cerca de R$ 5.315,30 na cotação da data de publicação deste artigo, quando a cotação do dólar era de R$ 3,83.

Ademais, viajar para os Estados Unidos sempre é incrível! Eu adoro. Felizmente, pude viajar com certa frequência graças ao trabalho, que me proporcionou experiências que envolvem cultura, aprendizagem e diversão! Inclusive eu pude experienciar como é comprar um iPhone nos EUA! Confira essas dicas também!

Comentar
Comprando um MacBook nos EUA

William Pompeo

Web designer gaúcho que adora novidades, apaixonado pela tecnologia e por tudo que ela possa oferecer. Idealizador e editor do site ComprasImportadas.com

E-mail YouTube Instagram Facebook Twitter

Seja o primeiro a comentar em "Comprando um MacBook nos EUA"

Comente isso

Seu e-mail não será publicado.


*