Como deixar iPhones antigos mais rápidos no iOS 11

O novo sistema operacional mobile da Apple – iOS 11 – já está disponível para atualização em todos os iPhones com processadores de 64 bits (5s em diante) e vem causando polêmica. A seguir, as dicas para acelerar o iPhone.

O upgrade foi liberado ontem, terça-feira (19) para todos os donos de iPhones compatíveis mundo afora. Mas se o iOS 10 já andava deixando alguns antigos iPhones lentos. O que fazer agora com essa nova atualização mais poderosa porém mais pesada?

Pois é, a atualização é muito bem-vinda, desde que não comprometa o desempenho do smartphone. Portanto eis aqui algumas formas de acelerar o iPhone antigo no iOS 11:

Faça uma limpeza

Sim! Um dos piores e mais comuns erros dos donos de iPhone é passar meses sem fazer uma limpeza, tornando o telefone cada vez mais lento, por causa do excesso e acúmulo de informações, e isso se resume a apps, fotos e vídeos.

Para acelerar o iPhone e ajudá-lo a ficar mais rápido, use e abuse das novas ferramentas de gerenciamento de armazenamento do iOS 11. Acesse Ajustes> Geral> Armazenamento do iPhone.

Aqui encontramos um gráfico que mostra algumas recomendações sobre como salvar o armazenamento, incluindo o novo recurso de ‘Desinstalar apps’ não utilizados, e ‘Revisar anexos grandes’, recurso que apaga automaticamente as conversações antigas (textos e anexos com mais de um ano).

Seguindo essas recomendações, o seu iPhone já vai ficar mais rápido no iOS 11.

Ative HEIF e HEVC para acelerar o iPhone

Obs.: Este próximo recurso só funciona para iPhones com processadores A10 Fusion (7 ou superiores).

O iOS 11 apresenta dois novos formatos otimizados para fotos e vídeos, os formatos: HEIF e HEVC.

As fotos usam o formato HEIF e os vídeos usam o formato HEVC. Ambos os formatos foram pensados para ocupar menos espaço em disco, portanto são mais eficientes.

Como eu havia dito, alguns dos grandes problemas de donos de iPhones e smartphones em geral é acumular muitos arquivos, seja de foto ou vídeo.

Portanto poder contar com esses novos formatos para que esses tipos de arquivos ocupem menos espaço de armazenamento é ótimo.

Para ativar HEIF e HEVC, vá para Ajustes> Câmera> Formatos e escolha ‘Alta Eficiência’.

Atualize seus apps

Muitas pessoas esquecem que após uma atualização de SO, é necessário atualizar todos os apps também.

Portanto verifique se seus apps estão todos atualizados e evite que algum deles trave por alguma incompatibilidade com o novo iOS.

Para isso, abra a App Store, toque em ‘Atualizações’ e depois em ‘Atualizar tudo’.

Desative a atualização automática

A grande maioria dos seus apps estão configurados por padrão pelas versões do iOS a serem atualizados automaticamente em segundo plano.

Isto é muito útil para evitar que você encontre erros eventualmente por falta de alguma correção por atualização.

Porém quando o seu iPhone é mais antigo, está opção pode torná-lo ainda mais devagar. Essas tarefas de segundo plano consomem o processador (CPU) o tempo todo e, se formos pensar, o seu CPU já possui menos poder de processamento perante o novo sistema, porque este foi desenvolvido para um CPU mais atual.

Portanto nesses casos, é mais vantajoso deixar a opção desativada. Assim o processador do iPhone pode se dedicar apenas para as tarefas que você está solicitando quando está usando o smartphone.

Para desativar a atualização automática, vá para Ajustes> iTunes e App Store e alterne para desligar suas ‘Atualizações’ na seção ‘Tranferências Automáticas’. Fazendo isso, você vai conseguir acelerar o iPhone.

Desative a atualização de dados em segundo plano

Além da sua CPU trabalhar em segundo plano para atualizar os apps (como dito acima), ela também é utilizada em segundo plano quando as aplicações atualizam seu conteúdo.

Então é interessante desativar também essa opção para deixar o iPhone mais rápido no iOS 11.

Quando desativada, o seu feed do Facebook ou do Twitter, por exemplo, não será atualizado a não ser que você solicite manualmente dentro desses aplicativos.

É bem verdade que são recursos úteis, mas eles roubam a atenção da sua CPU.

Portanto para desativar, vá para Ajustes> Geral> Atualização em 2 plano> Inativo. Se preferir, você pode manter o recurso ativado na parte superior e selecionar apps individuais (os que você menos usa) na lista abaixo.

Reduza alguns efeitos

A Apple usa alguns efeitos para tornar o iOS mais bonito e elegante. São efeitos que tornam a escrita e leitura mais agradável, além de trazer uma serie de animações que tornam a experiência de manuseio e transição de apps mais amigável.

Para desativar esses recursos (que utilizam bastante desempenho, sobretudo gráfico) vá para Ajustes> Geral> Acessibilidade> Reduzir movimento e alterne para ativar.

Em seguida, volte para a tela ‘Acessibilidade’, toque na linha acima ‘Aumentar contraste’ e ative o ‘Reduzir a transparência’.

Escolha sabiamente os apps com acesso ao GPS

Por último, mas não menos importante: além de tornar o iPhone mais rápido, também é importante garantir que sua autonomia esteja intacta no novo iOS – o iOS 11.

Muitos apps mantém seus serviços de localização ativos mesmo quando desnecessário e isso drena a sua bateria ainda mais no iOS 11, principalmente se seu iPhone for mais antigo.

Mas no iOS 11, felizmente, possuimos maior controle sobre como e quando os aplicativos acessam nossa localização.

E para podermos ajustar as configurações dos apps que usam os serviços de localização, só precisamos ir até Ajustes> Privacidade> Serviços de localização.

Aqui temos umas lista abaixo onde podemos definir cada app.

Mais conteúdo sobre iPhone?

Basta clicar aqui.

Comentar
Como deixar iPhones antigos mais rápidos no iOS 11

William Pompeo

Web designer gaúcho que adora novidades, apaixonado pela tecnologia e por tudo que ela possa oferecer. Idealizador e editor do site ComprasImportadas.com

E-mail YouTube Instagram Facebook Twitter

Seja o primeiro a comentar em "Como deixar iPhones antigos mais rápidos no iOS 11"

Comente isso

Seu e-mail não será publicado.


*