Como comprar Monero, a criptomoeda segura, privativa e não-rastreável

Monero é considerada a criptomoeda da privacidade, onde todas as transações são completamente secretas e a transparência é seletiva. Ou seja, acessível apenas para quem tiver “permissão”. A seguir, os detalhes de como comprar Monero com segurança.

2017 foi sem dúvida o ano das criptomoedas. Vimos a Bitcoin, Ethereum, Litecoin e outras moedas virtuais se tornarem bilionárias. Hoje, vamos falar de outra criptomoeda que é promessa de lucro e que, somente em 2017, supervalorizou 2606.07%.

A criptomoeda em questão é conhecida por Monero (XMR) e é obtida através de “mineração”. É uma moeda virtual descentralizada, mas baseada no sistema “CryptoNote”, que promete uma produção mais distribuída entre os mineiros e investidores.

Atualmente, uma única unidade dessa moeda vale nada menos que US$ 315 (US$ 300 a mais que no início de 2017). Essa supervalorização repentina colocou a Monero no cenário internacional das criptomoedas e levou os investidores a se perguntar onde e como comprar Monero. Saiba todos esses detalhes agora:

Como comprar Monero

Hoje, a Monero pode ser obtida através de duas formas: mineração e exchange (entenda melhor o funcionamento da Monero clicando aqui). A primeira forma demanda certo conhecimento, a segunda pode ser utilizada por qualquer pessoa.

Na exchange, trocamos determinadas moedas virtuais por Monero. A mais comum é a Bitcoin e, portanto, se você já tiver uma carteira digital com Bitcoins, basta trocá-las nas exchanges que fazem essa troca.

Atualmente, as principais exchanges para trocar Bitcoin por Monero são as estrangeiras: Bittrex ou Poloniex. Se você ainda não possui Bitcoins, acesse o material que ensina como comprar Bitcoins no Brasil pelo melhor valor clicando aqui.

É importante citar que antes de comprar Monero ou qualquer outra criptomoeda, você saiba que:
– criptomoedas são extremamente voláteis e não devem ser tratadas como investimento único.
– nunca invista somente numa moeda, diversifique seus investimentos para reduzir riscos em caso de desvalorização crescente.
– coloque de 1% a 5% do seu patrimônio mensal, considerando a criptomoeda como investimento de longo prazo.

Por que priorizar Monero em vez da Bitcoin e suas descendentes?

Cada criptomoeda tem suas vantagens e desvantagens, dependendo do perfil do investidor. A Monero, por sua vez, é a moeda virtual que prioriza a privacidade. Portanto, é indicada para investidores que consideram essa característica imprescindível nas transações.

Diferente da Bitcoin, a Monero possui várias chaves de encriptação que tornam as transações privadas e asseguram a privacidade do remetente e do destinatário, além de garantir a segurança e o não-rastreamento da fonte e destino da transação.

Na Bitcoin, qualquer transação fica registrada no “livro aberto” da rede BlockChain, o que significa que todos podem ver as transações realizadas por uma pessoa, além de saber o rastro dessas transações.

Por isso, se você prioriza a privacidade, a Monero é a criptomoeda para reservar a maior parte dos seus investimentos destinados as moedas virtuais. Lembrando sempre que esses investimentos não devem ultrapassar 1% a 5% do seu patrimônio mensal.

O futuro das criptomoedas

Apesar da volatilidade e das quedas bruscas, é inegável que as moedas virtuais fazem cada vez mais parte do futuro do mercado financeiro. Atualmente, as principais criptomoedas já somam fortunas que atinge a casa dos bilhões.

Portanto, nós separamos uma lista das principais moedas virtuais para você investir em 2018, baseado em cotações e histórico de valorização. Clique aqui e confira agora mesmo.

Para você ter uma ideia, as principais criptomoedas do mundo: Bitcoin, Ethereum, e Litecoin, sofreram supervalorização de 1155.70%, 9707.90% e 4685.87% respectivamente. E isso num período de apenas 12 meses!

Por fim, invista com sabedoria. Lembre-se que as criptomoedas nunca terão a segurança dos investimentos conservadores. Então, arrisque-se nas moedas virtuais sim, mas diversifique. Assim se protejerá de perdas e quedas bruscas.

Mais conteúdo e dicas sobre Bitcoins e outras criptomoedas?

Basta clicar aqui.

Leia também:

William Pompeo

Web designer gaúcho que adora novidades, apaixonado pela tecnologia e por tudo que ela possa oferecer. Idealizador e editor do site ComprasImportadas.com

E-mail YouTube Instagram Facebook Twitter

Seja o primeiro a comentar em "Como comprar Monero, a criptomoeda segura, privativa e não-rastreável"

Comente isso

Seu e-mail não será publicado.


*