12 lugares surreais que você vai duvidar que existem

Viajar é um privilégio e uma prática que só tem a nos enriquecer.

Seja sozinho, com o namorado(a) ou com a família, viajar sempre é um descobrimento. Um descobrimento de novas culturas, pessoas, autoconhecimento e até mesmo de lugares que nem acreditávamos que realmente existiam.

Já pensou em fugir dos roteiros mais tradicionais, como Nova York, Paris e Londres, e descobrir lugares que sequer imaginava que existissem? Conheça alguns abaixo e inspire-se.

1. Great Blue Hole: Cidade do Belize, Belize

Que tal visitar uma caverna de dezenas de milhares de anos que mais parece um buraco negro dentro da própria terra? 100 quilômetros mar adentro da Cidade do Belize, pra se mais exato.

Este é o Great Blue Hole, o maior buraco azul do mundo, que inclusive pode ser visto do espaço por ter nada menos que 300 metros de largura e 124 metros de profundidade. Incrível, não?

2. Gruta de Fingal: Ilha de Staffa, Escócia

A Gruta de Fingal é uma caverna marinha que parece ter saído de alguma ilha dos cenários de Game of Thrones. Ela é desabitada e fica na ilha de Staffa, na Escócia.

Devido ao teto de arcos naturais e ecos produzidos pelas ondas, a gruta foi nomeada de Gruta de Fingal que significa “Gruta da melodia”. Tal melodia e ambiente produzem uma verdadeira catedral natural.

3. Thor’s Well: Oregon, EUA

Thor’s Well é uma área de floresta cercada por água em três lados. Ela fica na Cape Perpetua, central da costa de Oregon, e é um verdadeiro espetáculo natural.

Difícil de ser acessada, a área é procurada pelos maiores fotográfos do mundo, que buscam a foto perfeita, principalmente quando a maré está alta e quando o lugar fica ainda mais perigoso. Eles dizem que apesar do perigo, é nesta condição que o espetáculo está no seu melhor momento ser contemplado. O pôr do sol também é de tirar o fôlego.

4. Salar de Uyuni: Uyuni, Bolívia

Salar de Uyuni é um deserto de sal localizado no sudoeste da Bolívia, próximo a cidade de Uyuni. Ele é na verdade o maior deserto de sal do mundo e tem aproximadamente 12.000 km² de extensão numa altitude de 3.600 m.

A melhor época para visitá-lo é no verão, quando podemos encontrá-lo alagado, o que nos proporciona uma paisagem espetacular e inesquecível. Com grande parte do sal em estado líquido, encontramos um efeito espelho que reflete o céu, as nuvens e também as estrelas ao anoitecer.

5. Marble Caves: Puerto Rio Tranquilo, Chile

No sul do Chile, em Puerto Rio Tranquilo, existe um conjunto de cavernas e túneis de mármore que vão te tirar o fôlego: As Marble Caves.

Esse conjunto de cavernas em mármore branco, cinza-azul e rosa refletem as águas lindíssimas do lago azul turquesa e nos proporcionam uma paisagem deslumbrante. Do povoado de Puerto Rio Tranquilo partem visitas guiadas que podem ser feitas de barcos ou até caiaques.

6. Antelope Canyon: Arizona, USA

No estado do Arizona, encontramos um dos canyons mais incríveis dos EUA: Antelope Canyon. É um desses lugares que a gente se pergunta se realmente existe ou se não passa de uma criação bem elaborada do Photoshop.

Pois é, mas a paisagem é verdadeira e vale muito a pena de conhecer. Infelizmente Antelope Canyon é mais um desses lugares com número de passeios diários limitado, portanto é necessário se programar bem e fazer reservas com antecedência.

7. Sea of Stars: Ilha de Vaadhoo, Maldivas

Existe um mar batizado de “mar das estrelas” onde ocorre um fenômeno natural lindíssimo nas noites de lua nova e que simplesmente vai te tirar o fôlego.

O mar fica na ilha de Vaadhoo, nas Maldivas, a reação química natural se chama bioluminescência e é produzida pelo contato de microrganismos conhecidos por fitoplâncton com o oxigénio. O encontro produz um brilho azul nas águas do mar que encanta e garante fotos incríveis.

8. Zhangye Danxia Geopark: Gansu, China

Zhangye Danxia é com certeza a maior e mais surreal formação rochosa que podemos encontrar mundo afora. Esta série de montanhas cercadas por penhascos curvados são conhecidas como as montanhas coloridas da China. Elas cobrem uma região com 300 metros quadrados e 100 milhões de anos de história.

Zhangye Danxia na verdade era um um enorme lago, formado por muitos rios e consequentemente por areias de cores diferentes. Com o tempo, o lago secou e sedificou, adquirindo a paleta específica de tons de laranja vermelho.

9. Hamilton Pool: Texas, USA

A Hamilton Pool é uma piscina de águas verdes e cristalinas rodeada por rochas escondida dentro de uma reserva natural no Texas, EUA. É um lugar bem popular entre os moradores da cidade de Dripping Spring, porém é desconhecida da maioria dos turistas.

É certamente um desses lugares que fica na memória e encanta até o mais exigente dos fotógrafos. No verão, o local é disputadíssimo e gera muitas filas de carros que esperam ter a oportunidade de desfrutar dessa beleza indescritível, e que só fica acessível para um número diário limitado de pessoas, por motivos de preservação.

10. Caverna Glowworm: Waitomo, Nova Zelândia

Na Nova Zelândia existe uma caverna mágica que vem encantando os turistas. Trata-se da Caverna Glowworm, uma caverna repleta de larvas que brilham no escuro, e proporcionam aos visitantes um ambiente mágico e surreal.

Os turistas podem visitar o “céu estrelado” da Caverna Glowworm através de passeios realizados em barcos por guias profissionais do Rio Waitomo.

11. The Wave: Arizona, EUA

O The Wave é um daqueles lugares que nos perguntamos se realmente existem ou se foram produzidos pelas mãos de um talentoso editor de imagem. Pois é, o lugar é uma verdadeira obra da natureza e é exatamente como vêmos nas fotos da internet mundo afora: incrível.

Localizado no Arizona, oeste dos EUA, o The Wave pode ser visitado diariamente por 20 pessoas, por motivos de conservação. A trilha vale muito a pena e vai render fotos maravilhosas e inesquecíveis.

12. Grand Prismatic Spring: Parque de Yellowstone, EUA

Grand Prismatic Spring é uma fonte de água quente formada por correntes em diferentes estágios de temperatura, que produzem um efeito de tela de obra de arte onde podemos perceber todas as cores do arco-íris.

Localizada no parque de Yewllostone, nos EUA, a fonte contém anéis com diferentes tipos de bactérias que produzem as colorações conforme a temperatura da corrente. É sem dúvida um atrativo natural que te encantará e surpreenderá.

Comentar

William Pompeo

Web designer gaúcho que adora novidades, apaixonado pela tecnologia e por tudo que ela possa oferecer. Idealizador e editor do site ComprasImportadas.com

E-mail YouTube Instagram Facebook Twitter

Seja o primeiro a comentar em "12 lugares surreais que você vai duvidar que existem"

Comente isso

Seu e-mail não será publicado.


*