Dicas para comprar peças automotivas em lojas internacionais

Segundo donos de grandes mecânicas Brasil afora, comprar peças automotivas pela internet para diversas marcas, como Porsche, BMW e Audi é muito mais barato, quando feito via importação. Ou seja, comprar em lojas internacionais de peças automotivas pode sair até 3x mais barato, que se comparado a lojas virtuais nacionais, como Tuning Parts, Connect Parts, Jocar e outras.

Só para exemplificar, a Revista “Quatro rodas” pesquisou que ao importar um jogo de pastilhas de freio de um Civic numa loja virtual, se economizava R$ 231 pois o jogo era vendido por R$ 714 no Brasil contra R$ 483 na loja internacional. E isso já incluindo os impostos de importação e frete!

Portanto, não é nada estranho ver cada vez mais motoristas brasileiros importando peças automotivas para seus carros, seja por via estética, seja para substituir uma peça avariada. Comprar peças automotivas nunca esteve tão em alta, visto a disparidade de preços.

Mas é importante dizer que é necessário fazer as contas sempre e você pode e deve usar a calculadora de impostos. Ademais, considere sempre ter sido taxado. Dito isto, eis as principais dicas para como comprar peças automotivas em lojas virtuais internacionais:

Fracione os pedidos de suas peças automotivas

Muitas pessoas cometem um grande erro ao comprar peças automotivas em lojas virtuais internacionais, pois acreditam que comprar um grande volume economizará não só no somatório do frete mas também na probabilidade de ser taxado.

Porém, isso não passa de um engano. Na verdade, quanto maior o volume e valor total das peças automotivas importadas, maior a chances de você ser tributado. Portanto, fracione sempre os seus pedidos e se possível, evite comprar peças automotivas acima de US$ 50.

Nunca tente enganar a Receita Federal

Muitas pessoas tentam enganar a Receita Federal ao comprar peças automotivas acima de US$ 50 nos Estados Unidos e outros países, solicitando que a loja de peças automotivas declare valores inferiores aos reais pagos objetivando assim não terem suas peças automotivas taxadas.

Porém, esse é um grande erro porque se a Receita descobrir tal artimanha, irá aplicar uma multa salgada que provavelmente inviabilizará o negócio, fazendo com que suas peças automotivas fiquem até mais caras que se compradas no Brasil.

Onde comprar: lojas internacionais de peças automotivas confiáveis

Não saia por aí procurando simplesmente por determinado produto na internet. Isso pode te colocar em apuros. Existem milhares de sites maliciosos vendendo peças automotivas por valores ridiculamente baratos que nem sequer existem.

Para te ajudar a ter uma compra segura, criamos uma lista com as principais lojas virtuais onde você pode comprar suas peças automotivas. São lojas virtuais que possuem selos de confiança, de sites internacionais especializados em avaliar e classificar lojas virtuais (sites tipo o eBit).

Outros cuidados básicos ao importar peças automotivas

Existem outras lojas populares para você comprar peças automotivas fora do Brasil, como a Amazon e eBay. Porém, como esses sites trabalham com vários vendedores, você precisa tomar alguns cuidados básicos, como avaliar o histórico e conferir qualificação do vendedor, além de ler os comentários de quem já comprou.

Ademais, é importante saber se o vendedor envia para o Brasil. Do contrário você terá que contratar um serviço de redirecionamento de encomendas. Saiba mais sobre redirecionamento de encomendas e conheça algumas empresas confiáveis no artigo dedicado.

Comentar
Dicas para comprar peças automotivas em lojas internacionais

William Pompeo

Web designer gaúcho que adora novidades, apaixonado pela tecnologia e por tudo que ela possa oferecer. Idealizador e editor do site ComprasImportadas.com

E-mail YouTube Instagram Facebook Twitter

Seja o primeiro a comentar em "Dicas para comprar peças automotivas em lojas internacionais"

Comente isso

Seu e-mail não será publicado.


*